V. Abri, Senhor, os meus lábios
R. E a minha boca anunciará o vosso louvor.

Ant. O Senhor ressuscitou verdadeiramente. Aleluia.

Salmo 94 (95)
Convite ao louvor de Deus

Exortai-vos cada dia uns aos outros,
até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
aclamemos a Deus, nosso Salvador.
Vamos à sua presença e dêmos graças,
ao som de cânticos aclamemos o Senhor. (Ant.)

Pois grande Deus é o Senhor,
Rei maior que todos os deuses.
Em sua mão estão as profundezas da terra
e pertencem-Lhe os cimos das montanhas.
D’Ele é o mar, foi Ele quem o fez,
d’Ele é a terra firme, que suas mãos formaram. (Ant.)

Vinde, prostremo-nos em terra,
adoremos o Senhor que nos criou.
Pois Ele é o nosso Deus
e nós o seu povo, ovelhas do seu rebanho. (Ant.)

Quem dera ouvísseis hoje a sua voz:
«Não endureçais os vossos corações,
como em Meriba, como no dia de Massa no deserto,
onde vossos pais Me tentaram e provocaram,
apesar de terem visto as minhas obras. (Ant.)

Durante quarenta anos essa geração Me desgostou,
e Eu disse: É um povo de coração transviado,
que não atinou com os meus caminhos.
Por isso jurei na minha ira:
Não entrarão no meu repouso». (Ant.)

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio,
agora e sempre. Amen. (Ant.)

HINO

Nasceu o Sol da Páscoa gloriosa,
Ressoa pelo céu um canto novo,
Exulta de alegria a terra inteira.

Dos abismos da morte e da tristeza
Sobe o Senhor Jesus à sua glória,
Libertando os antigos Patriarcas.

Sem saber que o sepulcro está vazio,
A guarda, vigilante, testemunha
O poder do Senhor ressuscitado.

Rei imortal, contigo glorifica
Neste dia de glória os que em teu nome
Renasceram das águas do Baptismo.

E desça sobre a Igreja e sobre o mundo,
Como penhor de paz e de esperança,
A luz da tua Páscoa esplendorosa.

Cantemos a Deus Pai e a seu Filho,
Louvemos o Espírito de amor,
Agora e pelos séculos sem fim.

SALMODIA

Ant 1 Eu sou a videira, vós sois os ramos. Aleluia.

Salmo 79 (80)
A renovação da vinha devastada

Vinde, Senhor Jesus (Ap 2 2, 20).

 

Ó Deus, fazei-nos voltar, *
iluminai o vosso rosto e seremos salvos.

Senhor Deus dos Exércitos, *
até quando ardereis em cólera, †
apesar da oração do vosso povo?
Destes-nos a comer o pão das lágrimas *
e a beber copioso pranto.
Fizestes de nós objecto de contenda entre vizinhos *
e os inimigos zombam de nós.

Deus dos Exércitos, fazei-nos voltar, *
iluminai o vosso rosto e seremos salvos.

Arrancastes uma videira do Egipto, *
expulsastes as nações para a transplantar.
Preparastes-lhe o terreno; *
ela deitou raízes e encheu a terra.
A sua sombra cobriu os montes *
e os seus ramos os cedros de Deus.

Estendia até ao mar as suas vergônteas *
e até ao rio os seus rebentos.
Porque lhe destruístes a vedação, *
de modo que a vindime quem quer
que passe pelo caminho?
Devastou-a o javali da selva *
e serviu de pasto aos animais do campo.

Deus dos Exércitos, vinde de novo, *
olhai dos céus e vede, visitai esta vinha.
Protegei a cepa que a vossa mão direita plantou, *
o rebento que fortalecestes para Vós.
Pereçam diante da vossa face ameaçadora *
aqueles que lhe deitaram fogo e a devastaram.

Estendei a mão sobre o homem que escolhestes, *
sobre o filho do homem que para Vós criastes.
E não mais nos apartaremos de Vós: *
fazei-nos viver e invocaremos o vosso nome.

Senhor Deus dos Exércitos, fazei-nos voltar, *
iluminai o vosso rosto e seremos salvos.

Ant. Eu sou a videira, vós sois os ramos. Aleluia.

Ant 2 Ireis com alegria às fontes da salvação. Aleluia.

Cântico Is 12, 1-6
Hino da redenção

Se alguém tem sede, venha a Mim e beba (Jo 7, 37).

Dou-Vos graças, Senhor, porque, estando irado contra mim, *
vossa ira se aplacou e me consolastes.

Deus é o meu Salvador, *
tenho confiança e nada temo.
O Senhor é a minha força e o meu louvor. *
Ele é a minha salvação.

Tirareis água, com alegria, *
das fontes da salvação.
E direis naquele dia: «Agradecei ao Senhor, *
invocai o seu nome.

Anunciai aos povos a grandeza das suas obras, *
proclamai a todos que o seu nome é santo.
Cantai ao Senhor, porque Ele fez maravilhas, *
anunciai-as em toda a terra.

Entoai cânticos de alegria e exultai, *
habitantes de Sião:
porque é grande no meio de vós *
o Santo de Israel».

Ant. Ireis com alegria às fontes da salvação. Aleluia.

Ant 3 O Senhor alimentou-nos com a flor da farinha. Aleluia.

Salmo 80 (81)
Renovação solene da aliança

Tomai cuidado, irmãos, que nenhum de vós 
tenha um coração mau e incrédulo (Hebr 3, 12).

 

Aclamai a Deus, nossa força, *
aplaudi ao Deus de Jacob.

Entoai cânticos ao som do tamboril, *
da cítara harmoniosa e da lira.
Fazei ressoar a trombeta na lua nova *
e na lua cheia, dia da nossa festa.

É uma obrigação para Israel, *
é um preceito do Deus de Jacob,
lei que Ele impôs a José, *
quando saiu da terra do Egipto.

Ouço uma língua desconhecida: *
«Aliviei os teus ombros do fardo †
e soltei as tuas mãos dos cestos.
Gritaste na angústia e Eu te libertei, *
do meio do trovão te respondi: †
punha-te à prova junto das águas de Meriba.

Escuta, meu povo, a minha advertência, *
assim, Israel, Me prestes ouvidos:
Não terás contigo um deus alheio, *
nem adorarás divindades estranhas.
Eu, o Senhor, sou o teu Deus, †
que te fiz sair da terra do Egipto. *
Abre a tua boca e enchê-la-ei.

Mas o meu povo não ouviu a minha voz, *
Israel não Me quis obedecer.
Por isso os entreguei à dureza do seu coração *
e eles seguiram os seus caprichos.

Ah! se o meu povo Me escutasse, *
se Israel seguisse os meus caminhos,
num instante esmagaria os seus inimigos, *
deixaria cair a mão sobre os seus adversários.

Os inimigos do Senhor obedeceriam ao meu povo, *
tal seria para sempre o seu destino.
Alimentaria o meu povo com a flor da farinha *
e saciá-lo-ia com o mel dos rochedos».

Ant. O Senhor alimentou-nos com a flor da farinha. Aleluia.

LEITURA BREVE Rom 8, 10-11

     Se Cristo está em vós, embora o vosso corpo seja mortal por causa do pecado, o vosso espírito está vivo por causa da justiça. E se o Espírito d’Aquele que ressuscitou Jesus de entre os mortos habita em vós, Ele que ressuscitou Jesus de entre os mortos, também dará nova vida aos vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que habita em vós.

RESPONSÓRIO BREVE

     V. O Senhor ressuscitou do sepulcro. Aleluia, Aleluia.
  R. O Senhor ressuscitou do sepulcro. Aleluia, Aleluia.
V. Ele que por nós foi cravado na cruz.
R. Aleluia, Aleluia.
 V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. O Senhor ressuscitou do sepulcro. Aleluia, Aleluia.

CÂNTICO EVANGÉLICO (Benedictus) Lc 1, 68-79

Ant. Bened. Ainda um pouco e não Me vereis, diz o Senhor. Mais um pouco e ver-Me-eis, porque vou para o Pai. Aleluia.

Cântico
O Messias e seu Precursor

Bendito o Senhor Deus de Israel *
que visitou e redimiu o seu povo
e nos deu um Salvador poderoso *
na casa de David, seu servo,
conforme prometeu pela boca dos seus santos, *
os profetas dos tempos antigos,

para nos libertar dos nossos inimigos *
e das mãos daqueles que nos odeiam,
para mostrar a sua misericórdia a favor dos nossos pais, *
recordando a sua sagrada aliança
e o juramento que fizera a Abraão, nosso pai, *
que nos havia de conceder esta graça:

de O servirmos um dia, sem temor, *
livres das mãos dos nossos inimigos,
em santidade e justiça, na sua presença, *
todos os dias da nossa vida.

E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, *
porque irás à sua frente a preparar os seus caminhos,
para dar a conhecer ao seu povo a salvação *
pela remissão dos seus pecados,

graças ao coração misericordioso do nosso Deus, *
que das alturas nos visita como sol nascente,
para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte *
e dirigir os nossos passos no caminho da paz.

Glória ao Pai e ao Filho *
e ao Espírito Santo,
como era no princípio, *
agora e sempre. Amen.

Ant. Bened. Ainda um pouco e não Me vereis, diz o Senhor. Mais um pouco e ver-Me-eis, porque vou para o Pai. Aleluia.

PRECES

Oremos a Deus Pai, que em Jesus Cristo deu aos homens o princípio da sua ressurreição, e digamos confiadamente:
 Santificai, Senhor, o vosso povo.

Com a coluna de fogo, iluminastes, Senhor, o vosso povo no deserto:
 pela sua ressurreição, Jesus Cristo seja hoje para nós a Luz da vida.

Pela voz de Moisés, ensinastes, Senhor, o vosso povo no monte Sinai:
 pela sua ressurreição, Jesus Cristo seja hoje para nós a Palavra da vida.

Com o maná alimentastes, Senhor, o vosso povo peregrino no deserto:
 pela sua ressurreição, Jesus Cristo seja hoje para nós o Pão da vida.

Com a água do rochedo, destes, Senhor, a beber ao vosso povo no deserto:
 pela ressurreição de Cristo, vosso Filho, concedei-nos hoje o Espírito que dá a vida.

Pai nosso

Oração

     Senhor, que nos fizestes tomar parte no mistério da redenção, concedei que vivamos sempre na alegria da ressurreição de Cristo, vosso Filho. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

V. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amen.