A Igreja é a família de Jesus e todos são convidados a unir-se a ela

O Papa Francisco afirmou hoje (03) que a Igreja é “a família de Jesus” e que todos são convidados a unir-se a ela.

“A Igreja é a família de Jesus, na qual se derrama o seu amor: é este amor que a Igreja guarda e quer dar a todos”, realçou o Santo Padre.

O Papa partiu do relato do “primeiro milagre” de Jesus no Evangelho segundo São João, a transformação da água em vinho durante uma festa de casamento em Caná da Galileia.

“Em Caná da Galileia, Jesus realiza o seu primeiro milagre, revelando o amor do Pai, e nos oferece neste sinal, como o denomina o Evangelista São João, uma ‘porta de entrada’ que ilumina todo o mistério de Cristo e abre o coração dos discípulos para a fé. De fato, ao iniciar o seu ministério público numa festa de Bodas, Jesus se manifesta como o Esposo anunciado pelos profetas, que revela a essência da Aliança entre Deus e a humanidade”, explicou.

A vida cristã é a resposta a este amor, é como a estória de dois apaixonados, Deus e o homem, que se encontram, se celebram e se amam”, acrescentou.

No banquete nupcial de Caná, Maria observou que faltava o vinho, sem o qual, a festa não teria alegria nem abundância.

“Servir o Senhor significa ouvir e colocar em prática a sua Palavra. A recomendação simples, mas essencial da Mãe de Jesus, é o programa de vida do cristão. Para cada um de nós, beber daquela ânfora equivale a confiar-se a Deus e experimentar a sua eficácia na vida”, pontuou Francisco.

Foto de: L´Osservatore Romano.

catequese_papa_criancas

Papa Francisco dá carona para crianças no papamóvel.

Completando, o Papa disse que assim como naquela ocasião Jesus guardou o vinho bom para o fim do banquete, o Senhor continua a reservar o vinho bom para a salvação dos homens e mulheres.

“As Núpcias de Caná são muito mais do que o simples relato do primeiro milagre de Jesus. Em Caná, Jesus une os seus discípulos a si com uma Aliança, nova e definitiva; eles se tornam a sua família e ali nasce a fé da Igreja. Todos nós estamos convidados para aquelas Núpcias, porque o vinho novo nunca falta!”, conclui Francisco.

Fonte: A12.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *