Agosto, mês vocacional

Neste mês a Igreja do Brasil quer levar-nos a refletir sobre o tema vocação. Vocação é uma palavra que significa chamado. Todos nós somos chamados, primeiramente à vida humana. A nós que acolhemos o dom do batismo, recebemos o chamado de Deus também para a vida cristã. A nossa realidade humana foi elevada à condição de filhos e filhas de Deus.

No decorrer da vida, os batizados vão assumindo vocações específicas e diferenciadas para a realidade a qual são chamados e se colocam a serviço. Assim, o Senhor suscita jovens que sentem o chamado à vida sacerdotal e se colocam a caminho. Depois de vários anos de formação recebem o sacramento da ordem e assim estão aptos para tornarem presente o Cristo que continua a sua missão através das suas pessoas. Os sacerdotes são chamados a encarnar nas suas vidas o estilo de vida do Cristo Jesus e continuarem a sua missão redentora da humanidade.

Alguns batizados assumem a vocação à vida religiosa, também eles chamados a uma consagração especial que os torna sinais vivos do primado de Deus em suas vidas. Consagram a própria vida a Deus e, através do carisma de sua congregação, são instrumentos de Deus para o bem da Igreja e o serviço dos irmãos.

A maioria dos batizados segue o caminho da vida familiar através do matrimônio. O amor que une os esposos é chamado a ser sinal do amor de Cristo para com a Igreja. Este sacramento é a base sobre a qual a família deve edificar a sua vida. Pais, filhos e demais membros das famílias encontram em Deus o grande aliado para prosseguirem suas vidas no amor, na concórdia e na alegria.

E na Igreja tem lugar para todos viverem a sua vocação colocando-se a serviço da comunidade. Assim surgem as várias pastorais, ministérios, serviços, movimentos e associações que fazem os leigos sentirem a corresponsabilidade pelos destinos da Igreja. Cada um pode e deve fazer a sua parte. Somos todos discípulos, testemunhas e missionários. Que cada um viva a sua vocação com fidelidade para sermos as pedras vivas na construção da Igreja de Cristo.

Fonte e foto: Paróquia N.S. Conceição – Urussanga – SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *