V. Deus, vinde em nosso auxílio.
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio,
agora e sempre. Amen.

HINO

Fonte de luz, ó Deus, sumo esplendor,
Ouvi benignamente as nossas preces.
Vós que venceis as trevas do pecado,
Iluminai-nos.

Chegámos ao final de mais um dia,
Em que nos assistiu a vossa bênção.
Por isso nós, Senhor, Vos damos graças
A toda a hora.

A penumbra da tarde desce lenta,
Caem sombras da noite sobre a terra.
Vós, Senhor, sois o sol da vida eterna,
Luz sem ocaso.

Reconhecemos, como pecadores,
Que é preciso emendar as nossas faltas.
Em Vós confia o nosso coração
E a Vós se entrega.

Honra e louvor a Vós, Senhor da glória,
E ao vosso amado Filho, o Salvador,
Honra e glória ao Espírito divino,
Por todo o sempre.

SALMODIA

Ant.  1 Os nossos olhos estão voltados para o Senhor, até que tenha piedade de nós.

Salmo 122 (123)
O Senhor, esperança do seu povo

Dois cegos clamavam…:
«Senhor, Filho de David, tende piedade de nós.» (Mt 20, 30).

Levanto os meus olhos para Vós, *
para Vós que habitais no Céu.

Como os olhos do servo se fixam nas mãos do seu senhor *
e os da serva nas mãos da sua senhora,
assim os nossos olhos se voltam para o Senhor nosso Deus, *
até que tenha piedade de nós.

Piedade, Senhor, tende piedade de nós, *
porque estamos saturados de desprezo.
A nossa alma está saturada do sarcasmo dos arrogantes *
e do desprezo dos soberbos.

Ant. Os nossos olhos estão voltados para o Senhor, até que tenha piedade de nós.

Ant. 2 A nossa protecção está no nome do Senhor, que fez o céu e a terra.

Salmo 123 (124)
O nosso auxílio vem do Senhor

Disse o Senhor a Paulo:
«Não temas… porque Eu estou contigo» (Actos 18, 9-10).

Se o Senhor não estivesse connosco, *
que o diga Israel,
se o Senhor não estivesse connosco, *
os homens que se levantaram contra nós
ter-nos-iam devorado vivos, *
no furor da sua ira.

As águas ter-nos-iam afogado, *
a torrente teria passado sobre nós;
sobre nós teriam passado *
as águas impetuosas.
Bendito seja o Senhor, *
que não nos abandonou como presa dos seus dentes.

A nossa vida escapou como pássaro *
do laço dos caçadores:
quebrou-se a armadilha *
e nós ficámos livres.
A nossa protecção está no nome do Senhor, *
que fez o céu e a terra.

Ant. A nossa protecção está no nome do Senhor, que fez o céu e a terra.

Ant. 3 Deus escolheu-nos em Cristo, para sermos seus filhos adoptivos.

Cântico Ef 1, 3-10
O plano divino da salvação

Bendito seja Deus, *
Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo,
que do alto do Céu nos abençoou, *
com todas as bênçãos espirituais em Cristo.

Ele nos escolheu, antes da criação do mundo, *
para sermos santos e irrepreensíveis, †
em caridade, na sua presença.
Ele nos predestinou, de sua livre vontade, *
para sermos seus filhos adoptivos, por Jesus Cristo,

para que fosse enaltecida a glória da sua graça, *
com a qual nos favoreceu em seu amado Filho;
n’Ele temos a redenção, pelo seu Sangue, *
a remissão dos nossos pecados;

segundo a riqueza da sua graça, *
que Ele nos concedeu em abundância,
com plena sabedoria e inteligência, *
deu-nos a conhecer o mistério da sua vontade:

segundo o beneplácito que n’Ele de antemão estabelecera, *
para se realizar na plenitude dos tempos:
instaurar todas as coisas em Cristo, *
tudo o que há nos céus e na terra.

Ant. Deus escolheu-nos em Cristo, para sermos seus filhos adoptivos.

LEITURA BREVE Tg 4, 11-12
Não faleis mal uns dos outros, irmãos. Aquele que diz mal do irmão ou critica o irmão, fala mal da Lei e critica a Lei. Ora, se criticas a Lei, já não és cumpridor da Lei, mas o seu juiz. Há um só legislador e um só juiz: Aquele que pode salvar ou condenar. Mas quem és tu para julgar o próximo?

RESPONSÓRIO BREVE
V. Senhor, salvai a minha alma, porque sou pecador.
R. Senhor, salvai a minha alma, porque sou pecador.
V. Eu disse: Senhor, tende piedade de mim.
R. Porque sou pecador.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Senhor, salvai a minha alma, porque sou pecador.

CÂNTICO EVANGÉLICO (Magnificat) Lc 1,46-55

Ant. A minha alma glorifica o Senhor, porque olhou para a sua humilde serva.

Cântico
A alegria da alma no Senhor

A minha alma glorifica ao Senhor *
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.

Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: *
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada
todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: *
Santo é o seu nome.

A sua misericórdia se estende de geração em geração *
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço *
e dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos *
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens *
e aos ricos despediu de mãos vazias.

Acolheu a Israel, seu servo, *
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais, *
a Abraão e à sua descendência para sempre.

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo, *
como era no princípio,
agora e sempre. Amen.

Ant. A minha alma glorifica o Senhor, porque olhou para a sua humilde serva.

PRECES

Jesus Cristo quer salvar todos os homens. Peçamos confiadamente por toda a humanidade, dizendo:

Atraí todas as coisas a Vós, Senhor.

Bendito sejais, Senhor, que pelo vosso Sangue nos libertastes da escravidão do pecado:
 fazei que tenhamos parte na gloriosa liberdade dos filhos de Deus.

Concedei a vossa graça ao nosso Bispo N. e a todos os Bispos da Igreja,
 para que administrem os vossos mistérios com alegria e fervor.

Fazei que todos aqueles que consagram a vida à investigação da verdade a encontrem
 e, encontrando-a, se esforcem por buscá-la sempre mais.

Atendei, Senhor, os órfãos, as viúvas e todos os que vivem abandonados,
 para que Vos sintam próximo de si e se entreguem plenamente a Vós.

Acolhei os nossos irmãos defuntos na cidade santa da Jerusalém celeste,
 onde Vós, com o Pai e o Espírito Santo, sereis tudo em todos.

Pai nosso

Oração

Senhor, luz sem ocaso, iluminai as trevas do nosso espírito nesta hora vespertina e dignai-Vos perdoar benignamente as nossas faltas. Por nosso Senhor.

V. O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna.
R. Amen.